domingo, 2 de junho de 2013

RESENHANDO: Batman - O Fantasma Errante


       Que o Batman é um personagem conhecido isso não é preciso comentar, mas sobre o arco do fantasma errante não abro mão!

        Realmente já falo de cara que é uma excelente história, tanto na parte gráfica quanto em seu enredo, os responsáveis pela obra Alan Grant e Arthur Ranson estão de parabéns. O fantasma errante é um personagem misterioso que eu pessoalmente não o conhecia, e até irei procurar saber se há outras histórias em que ele aparece. Ele realmente como um Fantasma Errante surge na história por meio as sombras noturnas dos edifícios de Gotham City. Outro ponto a se levantar nesse enredo é fuga de se combater poderosos vilões e sim como temática central a resolução de um mistério, fazendo lembrar os quadrinhos de Hergé...

       
       Uma coisa que veio a me chamar atenção foi a divisão da história em capítulos, geralmente isso ocorre quando a história é publicada em fragmentos, o que não é o caso deste arco. A parte gráfica da revista é muito bem trabalhada, trazendo toda a escuridão do cavaleiro das trevas, ao trazer quase na totalidade as imagens em cores enegrecidas, e como de sempre há a menção dos atos de solidariedade do bilionário Bruce Wayne. História que na minha modesta opinião ganharia numa escala de 0 a 10, uma nota 7,5. Muito boa a obra, de enorme qualidade, realmente uma pena ser tão curta.



           Devo mencionar que essa sujestão de fazer resenhas a partir das HQ's que leio veio do meu grande amigo Túllio Franca, dono do Jeep&Relíquias (http://www.jeep-reliquias.com/), que além de tudo me presenteou com o exemplar desta revista, que veio diretamente da Espanha e ainda não sei mencionar se há o título no Brasil, mas se tiver busquem ler essa história.... Um abraço meus caros!!!


Um comentário:

  1. Está de parabéns a sua resenha! Para compartilhar essa leitura, aqui vai a minha resenha:
    Essa história sim eu gostei e os motivos são muitos. A primeira coisa que me veio a cabeça foi: quem é o Fantasma Errante ? A verdade é que não fazia nem ideia de quem era esse personagem e mesmo assim não tive nenhum problema para compreender a história. A diferença da tendência atual de super-heróis sempre lutarem contra super vilões, essa é uma história mais de mistérios e que faz lembrar as primeiras histórias em quadrinhos quando os heróis lutavam contra os ladrões e criminosos das cidades e achei isso bem interessante. Um HQ dividido em capítulos para mim é uma novidade e achei algo diferente também. Por envolver uma história mística e outras civilizações sem perder o fio da meada foi um bom lance por parte do roteirista. A sombria noite da cidade de Gotham, é o ambiente preferido pelo cavaleiro negro e nada mais que o tradicional. Por fim, uma obra que vale a pena a leitura!

    Se encontrar qualquer coisa do Fantasma Errante não deixe de compartilhar com a gente! Abraço!

    ResponderExcluir