sábado, 25 de agosto de 2012

#05. HOMEM-ARANHA



O espetacular Homem-Aranha é o personagem de maior sucesso do Universo da Marvel Comics, sendo um dos mais importantes e populares super-heróis das histórias em quadrinhos, séries animadas, filmes, jogos e outras formas de mídia de todo o planeta. Suas revistas estão entre as mais vendidas do gênero no mundo há décadas. Sua identidade secreta é o jovem Peter Parker que foi criado por um dos mais geniais criadores de HQs, Stan Lee, com a ajuda de seu grande parceiro Steve Ditko. Na época do início da publicação de Homem-Aranha no começo da década de 1960, os heróis seguiam um padrão mais ou menos uniforme de postura moral, tanto em suas vidas normais quanto como em seus alter-egos. O Homem-Aranha, contudo, foi o primeiro herói a ganhar dinheiro com o uso de seus poderes: Peter Parker vende fotos agindo como o herói para o Clarim Diário, mas com motivos altruístas: ele ajuda a tia viúva e idosa a pagar as contas, principalmente com os remédios. É, portanto, um dos super-heróis mais humanizados das histórias em quadrinhos, o que o levou a um sucesso estrondoso e a uma competição direta de popularidade com ícones do nível de Superman e Batman.
Órfão quando pequeno, Peter Benjamin Parker foi morar junto com seus tios Benjamin e May Parker em Forest Hills, Queens, na cidade de Nova York. O menino cresceu e se tornou um adolescente tímido, mas extremamente inteligente, era muito desajeitado com as garotas e não tinha muitos amigos, o típico nerd. Aos 15 anos, durante uma demonstração de equipamentos que manipulavam radiação, Parker foi picado por uma aranha de uma espécie cujo veneno, em situações normais, é inofensivo ao ser humano. Porém, ela havia sido exposta à radioatividade do aparelho e por isso a picada provocou impressionantes mutações na genética, e metabolismo do organismo do jovem Peter. Na versão Ultimate (ou Marvel Millenium, como é mais conhecida no Brasil) e no filme de 2002, Peter é picado por uma aranha com o organismo geneticamente alterado.


Peter descobre sobre seus poderes quando quase é atropelado por um carro. Através do seu sentido de aranha, o alerta do perigo, e com um puro reflexo ele salta e se fixa na parede de um prédio. Assustado com o ocorrido, ele escala esse prédio e amassa uma chaminé de aço como se fosse de papel. A cena em que um menino o vê escalando a parede ficou imortalizada em todas as HQ's que contaram a sua história, menos no cinema e na edição Ultimate Marvel. Parker fica muito empolgado com seus novos poderes e no início pensava somente em como ganharia dinheiro com eles. Se deixando levar por esses pensamentos individualistas, não faz o mínimo esforço para impedir a fuga de um ladrão, que logo depois viria a matar seu tio Ben e quando descobre que o assassino do tio é o bandido que poderia ter detido sem dificuldades, se vê tomado por um sentimento de culpa que traz uma dura lição: "Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades". A partir de então, começa a utilizar seus poderes para combater o crime na cidade de Nova York, criando seu próprio disfarce e fazendo suas próprias roupas, surgia o “Spider-man”.

Graças à inteligência e engenhosidade de Peter Parker, o Homem-Aranha dispõe de bons equipamentos que o auxiliam na sua luta contra o crime: como a Teia, com resistência estimada em 120 libras por milímetro quadrado, que em contato com o ar e dependendo dos movimentos de pulso do Aranha, pode se condensar em uma linha fina e extremamente resistente (por um período não muito longo, de aproximadamente uma hora, para evitar que os bandidos ficassem presos nela para sempre, essa teia possuía cartuchos reservas, feitos de níquel e bronze, caso precisasse. Peter criou essa teia a partir de uma fórmula química própria; todavia, a idéia não foi aproveitada nos três primeiros filmes do Homem-Aranha, pois neles a teia é orgânica, sendo o resultado dos genes alterados de Peter. Tal inovação já foi incorporada aos quadrinhos, após a saga "A Queda", em que Peter luta, ao lado do Capitão América, contra uma antiga vilã: a Rainha dos Insetos. Havia o Sinal-aranha: pequeno farol no cinto do seu uniforme clássico, que emitia uma luz com o símbolo do Aranha, com o intuito de assustar os criminosos comuns, tal recurso foi usado nas primeiras revistas do herói.
Peter também projetou o Rastreador-aranha que em formato de uma mini-aranha, é usado para seguir criminosos e objetos em movimento. Seu Uniforme era feito de lycra e justo ao corpo, para conferir maior agilidade enquanto o herói gira para balançar por entre os prédios, tendo assim mais liberdade de movimentos. Em seus primeiros uniformes, havia teias na região das axilas, sugerindo que o Homem-Aranha pudesse usá-las para planar nas correntes de ar e no início a aranha atrás era azul. Havia os lançadores de teia, como mostrado no primeiro filme da nova trilogia cinematográfica do Aranha, eles eram aparatos feitos de aço, teflon, ambarino e safira artificial que disparavam um 'fluido de teia' em alta pressão. Ninguém sabe do que é feito o tal fluido, porém sabem que é algo misturado com nylon.



Em séries especiais com na saga O Outro, Peter aparentemente morre depois de uma sangrenta luta contra Morlunm que teve sua primeira aparição em Homem-Aranha #7, da Ed. Panini). Logo depois, a sua parte aracnídea sai do seu "cádaver" pela janela da Torre Stark. Trata-se de uma mutação no seu corpo gravemente ferido, que serviu de casulo para originar um novo Homem-Aranha, que na verdade era o mesmo Peter Parker, mas com um corpo totalmente novo, sem ferimentos anteriores. Mais tarde, descobriu-se que tal mutação originou uma entidade feminina, personificada como uma loira bronzeada de cabelos curtos, chamada Ero, mais conhecida pelo apelido "Flecha", que pretendia gerar uma ninhada de criaturas como ela a partir da fecundação de seus ovos no corpo de um hospedeiro humano, do sexo masculino e que, depois, seria devorado pelos filhotes. A vítima seria Eugene "Flash" Thompson, um colega de Peter dos tempos de escola. Mas os planos da vilã foram frustrados e, após uma luta na qual o Aranha ficou seriamente ferido e quase serviu de hospedeiro no lugar do "Flash", Ero foi consumida por pássaros em uma armadilha preparada pelo herói, Ero era composta de aranhas. 



Após a saga O Outro, publicada no Brasil em Homem-Aranha #60 a #63 pela Ed. Panini, Peter adquiriu vários outros poderes: conseguir enxergar no escuro; poder sentir vibrações através das suas teias; distinguir, sem prévio conhecimento, diferentes classes de aranhas, além de comunicar-se com elas; e valer-se de dois ferrões retráteis e venenosos, que saem de seus antebraços. O uniforme usado durante o evento "Guerra Civil", foi criado por Tony Stark para que o aracnídeo usasse enquanto fosse seu aliado, possui algumas qualidades a mais: era à prova de balas; permitia que o Homem-Aranha planasse; possuía sensores que transmitiam informações diretamente à mente de Peter; podia mudar de aparência; possuía tentáculos mecânicos retráteis nas costas que possuíam câmeras embutidas, com funções de ataque e de espionagem.
O Aranha possui uma das mais vastas galerias de vilões dentro dos quadrinhos. Entre os mais relevantes, podemos citar: o Duende Verde, Doutor Octopus, Lagarto, Homem-Areia, Duende Macabro, Mystério, Escorpião, Rei do Crime, Camaleão, Kraven - O caçador, Cabeça de Martelo, J. J. Jameson, Chacal, Joystick, Tarântula Negra, Mulher-Aranha, o arqui-rival Venom, entre outros. E também possui fortes aliados como Gata Negra, Homem de Ferro, Capitão América, Demolidor, X-Men, Os Vingadores, Tocha Humana, Quarteto Fantástico, Nick Fury, Blade, Justiceiro, Wolverine, entre outros.

NOS QUADRINHOS
            Várias foram as sagas e as versões especiais de Homem-Aranha em universos paralelos, seguem abaixo tanto as séries como  os especiais do Aranha.


O Romance e os tempos de faculdade
Logo no início das suas histórias, Peter apaixonou-se por Betty Brant, secretária de seu chefe, J. Jonah Jameson. Mas não demorou muito tempo para o herói iniciar um romance com a jovem Gwen Stacy, que estudava com ele na mesma escola, onde também eram alunos Harry Osborn e Flash Thompson, que depois se tornariam os principais vilões do Aranha . Deste modo, quando a adaptação para os cinemas apresentou Mary Jane Watson como sendo o grande amor do Peter, houve indignação dos fãs do aracnídeo no mundo inteiro, pois, na verdade, ele teve um rápido romance com a Betty e, depois, namorou com Gwen - que foi a sua grande paixão e poderia ter sido a srª Parker, se não fosse a sua trágica morte pelas mãos do Duende Verde (Norman Osborn).
Tempos depois, influenciado pela tia, Peter conhece a pessoa que viria a se tornar sua esposa: Mary Jane Watson, sobrinha da srª Anna Watson, uma velha amiga de sua tia e ao mesmo tempo sua vizinha. Por muito tempo, ele ficou com o seu coração dividido entre as duas moças e paralelamente fez o que pôde para não levantar suspeitas acerca de sua identidade secreta. Outra garota que também iria "perseguir" Parker era Felícia Hardy, mais conhecida como a Gata Negra. Ela, que originariamente levou uma vida de crimes, viria a se apaixonar pelo Homem-Aranha, apesar de ser sua inimiga. Isso ajudou a reformar-se, passando de vilã a heroína. Após os eventos de Um Novo Dia, Peter, novamente solteiro, acaba atraindo novos interesses amorosos, tais como Carlie Cooper, uma legista, Michele Gonzalez, irmã de seu colega de quarto e Norah Winters, colega de trabalho num novo jornal, o Linha de Frente.


O Casamento
Anos depois, Peter, já formado na faculdade e com idade entre 25 a 30 anos, decidiu se casar com Mary Jane, logo depois dela confessar que sabia que ele era o Homem-Aranha há tempos, Peter conversou com a sua tia e decidiu que queria formar uma família com Mary Jane. Tempos depois, eles tiveram uma menina, mas ao decorrer de uma série de eventos envolvendo clones, o Chacal (identidade assumida por um ex-professor de biologia de Peter e Gwen) e o Duende Verde original, Peter e MJ perderam sua filha, dada como morta no parto, mas na verdade ela foi sedada momentos antes de vir à luz e raptada após nascer. Seu último paradeiro foi sendo resgatada por Kaine (o clone desfigurado de Peter), que levou a criança consigo a um local ignorado por todos, com o intuito de criá-la. Também foi durante o seu casamento que Peter encarou um de seus piores inimigos: Venom. O vilão, por um tempo, aterrorizou Mary Jane e a tia May, mas o Aranha afastou definitivamente Venom de sua família.
A Simbiose Negra
Vilões e heróis do Universo Marvel foram levados a um planeta distante, o mundo de uma entidade imortal conhecida como Beyonder. Neste local Peter teve contato com uma máquina, que consertaria seu uniforme danificado, assim ele conseguiu a primeira versão do seu uniforme negro.
Ao voltar à Terra, este novo "uniforme" foi capaz de dobrar a força do Homem Aranha, ele possuía a habilidade de produzir a própria teia e podia se mover de acordo com a vontade de Peter, fosse para sair de seu corpo, para abrir um espaço para a boca na máscara, ou para simular outro tipo de vestimenta. Por outro lado, exigia um esforço físico maior do que Peter já estava habituado, pois, para aumentar a força do hospedeiro, o simbionte forçava-o a produzir uma quantidade maior de adrenalina, o que o tornava mais agressivo, além de esgotá-lo quase que completamente. Outro motivo pelo qual Peter ficava cansado é que, depois de um tempo, o uniforme envolvia o corpo de Peter enquanto este dormia e utilizava-o para se balançar pela cidade vestido de Homem-Aranha. Por conta de tudo isso, foi ficando cada vez mais difícil para o Homem-Aranha tirar o uniforme negro. Assim, Peter visitou Reed Richards, mais conhecido como Sr. Fantástico, que, depois de fazer vários exames, constatou que o uniforme era, na verdade, um parasita alienígena que estava de simbiose com Peter, que tentou se livrar da roupa, sem sucesso. Reed, então, utilizou sua arma sônica para forçar o fim da simbiose e usando uma contenção especial, Richards conseguiu prender o simbionte, libertando o Homem-Aranha de seu tormento.

No entanto, em decorrência de um blecaute na cidade, a contenção falhou e o parasita, se utilizando de memórias de seu ex-hospedeiro, se escondeu no armário de Peter e tomou conta de seu corpo novamente. O Aranha lutando contra o simbionte que tenta segurá-lo segue para o edifício Baxter, enfrentando os Abutres no caminho. Antes de chegar lá, Peter consegue chegar numa Igreja com sinos tocando, e fica lá até o uniforme sair de seu corpo, pois sabia que o som era a grande fraqueza do parasita, porém Peter desmaia devido ao barulho e o simbionte, tendo absorvido um pouco da essência de Peter Parker durante o período de simbiose, arrasta o inconsciente Peter para fora da Igreja antes de partir.
Abandonado, o ex-simbionte de Peter Parker acha um novo hospedeiro: Eddie Brock, um repórter demitido de um jornal concorrente do Clarim Diário, por causa de uma falsa notícia que publicou (nela, aparecia o homem errado como sendo o psicótico assassino Devorador de Pecados). Como o repórter que desmentiu a tal notícia foi Peter Parker, Eddie Brock passa a nutrir ódio e desejo de vingança e ao unir-se ao simbionte, Eddie descobre a identidade do Homem-Aranha e vai à sua caça, assim nascia Venom. Mas, no final, o Homem-Aranha o derrotou da mesma maneira de quando se libertou do simbionte, no sino da igreja. Este foi o primeiro encontro de muitos outros que viriam pela frente. Estas histórias foram recentemente republicadas em HA Grandes Desafios #1 - O Ataque de Venom pela Ed. Panini e o episódio dos sinos aparece no filme "Homem-Aranha 3, e nas séries animadas O Espetacular Homem-Aranha (episódios 10, 11, 12 e 13 da primeira temporada) e Homem-Aranha: A Série Animada (episódios 7, 8 e 9 da primeira temporada).
 Os clones de Peter Parker
Esta "saga" (Saga do Clone) odiada por uns e amada por outros fãs tem início na época em que Gwen Stacy ainda estava viva. Durante as aulas de biologia, o professor Warren tira algumas amostras de sangue de Peter e Gwen. Com isto, ele cria clones dos mesmos. Atordoado por um assassinato que cometeu por "acidente", o professor Warren passou a ser o vilão conhecido como Chacal.


Gwen Stacy é morta pelo Duende Verde (na história "A Noite em que Gwen Stacy Morreu" – republicado há pouco tempo atrás pela Panini em HA Grandes Desafios #5) e a culpa do crime cai em cima do Homem-Aranha e o professor fica muito triste com isso e, então, O Chacal entra em ação para vingar a morte da garota.
Numa emboscada, ele faz o clone do Aranha lutar contra o verdadeiro Peter Parker. Nesta luta, um dos "Aranhas" vence e coloca o corpo do outro na chaminé da fábrica onde estavam. Chegando na porta de seu apartamento ele vê Mary Jane. Nesta hora, ele cai na real e percebe que é dela que ele realmente gosta - e este sentimento não poderia ser de nenhum clone! E, portanto fica confirmado que o "Aranha" que venceu é o verdadeiro.
Cinco anos se passam e Tia May fica muito doente e o clone vencido volta do isolamento, assumindo o nome de Benjamin Reilly, mais conhecido como Ben Reilly (o nome fora criado de "Benjamin" Parker e May "Reilly", nome de solteira da tia May), para ver como está à saúde de May Parker. Ele assume, também, o codinome Aranha Escarlate, contra sua vontade, pois ele odiou este nome de batismo. Surge também, o clone mal-sucedido chamado apenas de Kaine, com o intuito de prejudicar Parker.
Depois de um exame de DNA feito pelo Dr. Seward Trainer, que ajudou Ben Reilly durante os 5 anos de seu sumiço, acreditou-se que Ben Reilly seria, na verdade, o verdadeiro Peter Parker. O "Peter Parker" que estava casado com Mary Jane, que estava esperando uma filha, era o clone. Após a luta, o clone teria assumido a identidade do verdadeiro Peter, enquanto este último teria ficado sem rumo e se isolado, se autodenominando Benjamin Reilly. Peter Parker perde seus poderes (em "HA - Aventura Final" - Especial - Ed. Abril) e, depois, segue até Portland com Mary Jane para viverem lá enquanto que em New York, Ben Reilly assume o novo uniforme do Homem-Aranha (em A Teia do Aranha #100 – Ed. Abril). Alguns meses depois, Peter volta para sua cidade a chamado de J.Jonah Jameson para trabalhar no Clarim Diário.
Neste meio tempo, uma ossada com a máscara do Homem-Aranha foi achada perto da chaminé da fábrica em que ficava o laboratório secreto do Chacal, mas felizmente tudo não passava de mais um clone de Peter Parker. Um detalhe cruel criado pelo Chacal e o Duende Verde para arruinar as vidas de Peter Parker e Ben Reilly! O Duende Verde retorna a New York e revela toda a história aos dois (em "A Teia do Aranha #110" -  Ed. Abril) em que na verdade, Ben Reilly é realmente o clone e Peter sempre foi o Peter Parker. O exame de DNA foi forjado pelo Dr. Trainer - que trabalhava para Norman Osborn a mando dos "demônios Scrier". Ben Reilly foi morto pelo Duende Verde da mesma forma que o Duende foi "supostamente" morto pelo seu jato e se desintregou nos braços de Peter, que já havia recuperado seus poderes.
Em 2009 a Marvel informou uma nova publicação da saga como ela deveria realmente ter sido publicada. Segundo Tom DeFalco, editor original da saga, "Esta saga deveria ter terminado muito antes e de maneira diferente do que realmente ocorreu." Estamos Aguardando!!
Guerra Civil
Durante os acontecimentos decorrentes da Guerra Civil, saga onde os Novos Vingadores e os mutantes se dividem a respeito da lei de registro de super-humanos, Parker ficou dividido entre os dois lados, mas no começo teve que escolher um, ele já havia sido comunicado pelo Homem de Ferro que tal momento poderia ocorrer e isso fez com que Stark tentasse persuadir Peter para que, na hora que explodisse a guerra, o Homem-Aranha ficasse do lado da Iniciativa.
E foi assim que Peter entrou de cabeça na guerra na qual os heróis ficaram divididos e em uma entrevista coletiva, ele decidiu mostrar sua cara para todos. Retirou sua máscara e disse "Meu nome é Peter Parker e eu sou o Homem-Aranha desde os quinze anos". Isso fez com que JJ Jameson, que estava assistindo, desmaiasse e caísse para trás. Depois disso, Jameson decidiu acabar com Peter, processando-o por ter mentido anos a fio a respeito de sua identidade (Peter trabalhava como fotógrafo do Clarim Diário, jornal de Jameson, e ganhava dinheiro tirando fotos de si mesmo em ação, como o Aranha).


             Peter soube do abuso do lado favorável à Lei de Registro de Super-Humanos (encabeçado pelo Homem de Ferro), que não respeitava os direitos dos heróis não-registrados que eram capturados e deixados de forma desumana, com os poderes anulados e sendo torturados pelos carcereiros e demais presidiários, numa prisão construída na Zona Negativa, uma área no universo de onde é praticamente impossível sair, e decidiu se posicionar contra Stark, passando ao lado do grupo contrário à Lei, liderado pelo Capitão América. Entretanto, tal feito resultou em conseqüências cruéis, tanto para os heróis da resistência contra a Lei como a morte do Golias, antes da rendição do Capitão América, e do próprio Capitão, enquanto ele estava na detenção, quanto para a vida de Peter e sua família: ele, sua esposa e sua tia passaram a viver como fugitivos, sendo perseguidos pela S.H.I.E.L.D., pela Iniciativa (ambas as organizações sob o comando do Homem de Ferro) e por antigos inimigos, que agora sabiam sua identidade secreta.
O mais trágico evento ocorrido após o mundo saber que Peter Parker é o Aranha foi a tentativa de matar o herói, que vitimou sua tia May Parker, gravemente ferida por um tiro de fuzil: o crime foi cometido por um assassino profissional contratado pelo Rei do Crime, Wilson Fisk. Parker, furioso, invadiu a prisão onde Fisk estava cumprindo pena e espancou-o perante os outros presos, deixando o gângster gravemente ferido, tanto fisicamente, quanto no seu orgulho. Antes de sair, o então anti-herói jurou voltar à cadeia para matar o Rei do Crime, se a tia May não sobrevivesse. E deixou um recado para todos os bandidos: que jamais ousassem se aproximar da sua família, para não terem a mesma má sorte...
Um Dia a Mais
Com a tia May gravemente ferida e a falta de dinheiro para mantê-la no hospital e poucas chances de que ela sobreviva, Peter vai atrás do Homem de Ferro, dizendo que isso não era culpa apenas de Peter, mas também de Stark, e pede que o Vingador o ajude, mas este diz que nada pode fazer, pois isso afetaria sua imagem... mas ao chegar em sua mansão, Stark manda Jarvis, o mordomo dos Vingadores, entregar um cheque a Peter Parker, custeando as despesas hospitalares que ele teve até aquele momento. Entretanto, o herói já não acredita que a medicina possa salvar a vida de sua tia: ela precisa de um feito sobrenatural. Com tal pensamento fixo na mente, o Aranha pede ajuda a Stephen Strange, o Dr. Estranho, que, numa tentativa de auxiliar o jovem herói, invoca as Mãos da Morte, para que Peter possa viajar a vários lugares e tempos diferentes ao mesmo tempo e, dessa forma, possa falar com várias pessoas, visando a encontrar uma cura; mas, todos lhe respondem que não podem ajudá-lo. Chateado, Peter tenta, mais uma vez, invocar as Mãos da Morte e acaba voltando no exato momento em que tudo aconteceu. Tenta, então, impedir o franco-atirador, mas descobre que pode apenas assistir a tudo, porque ninguém ali de onde ele estava poderia ser tocado por ele, nem mesmo ouvi-lo.




Desesperado, tenta fazer com que o seu "eu interior" sinta algo, mas não consegue porque é impedido por entidades,os Necrófagos, que tem a função de impedir que o passado seja alterado. Peter acaba revivendo a cena em que a tia May leva o tiro e é salvo pelo Doutor Estranho, que aconselha-o a se despedir de May Parker. Frustrado, Peter segue seu caminho e, num beco, dá de cara com uma garotinha que diz que pode ajudar a tia May, mas logo depois desaparece. Depois, o herói encontra dois estranhos homens: um deles leva Parker a uma esquina, onde uma mulher misteriosa aguardava pelo “Homem das Teias”. Então, surge Mephisto, propondo um pacto para salvar a vida da tia May. Peter, então, recusa-se a fazer qualquer trato sem que Mary Jane saiba: o Aranha vai ao encontro da sua amada, encontrando-a num diálogo com o demônio, que propõe ao casal o seguinte acordo: eles teriam apenas 24 horas a mais para decidir entre o fim do seu casamento e a morte de May Parker e o casal passa todo o tempo juntos, abraçados, tentando manterem-se unidos até Mephisto chegar.
Quando chega o momento, eles aceitam a proposta da seguinte forma: Peter e M. Jane aceitaram o acordo e May sobreviveu, como se nada tivesse acontecido... mas o casamento nunca aconteceu: ninguém se lembraria dele. Mary impôs ao demônio o restabelecimento do sigilo da identidade civil do herói, dando-lhe em troca a possibilidade de reencontrar sua filha, que fora raptada, anos atrás, por capangas de Norman Osborn após o parto, depois resgatada por Kaine, em sua última aparição; devido às circunstâncias, e ao desconhecimento da existência de Kaine após o fim da Saga do Clone, o casal foi levado a crer que sua filha havia morrido. Mephisto revela que a garotinha que ele usou para chamar a atenção de Peter era na verdade a filha do casal que agora eles nunca mais teriam e Mephisto realiza, então, o pacto, através do qual a tia May vive como se nada tivesse acontecido. Além disso, todos os que sabiam que Peter Parker é o Homem-Aranha, tanto os aliados quanto os inimigos, vivem como se não o soubessem... com exceção de Mary Jane!
Nesse recomeço do universo do Aranha, Peter Parker vive como se ninguém (ou quase ninguém) soubesse que ele é o Herói, tem contato com ex-amigos, inclusive dados como mortos, a exemplo de Harry Osborn, como se eles ainda fossem amigos... e, também, vive como se ele e Mary Jane nunca tivessem se casado! Afinal, devido à magia empregada, eles não se lembram do pacto feito com o demônio Mephisto na noite em que May Parker morreria, por causa de complicações decorrentes do tiro que era para matar Peter Parker, este atentado foi uma das conseqüências da identidade do herói ter sido revelada, enquanto ele e o Homem de Ferro eram aliados na Guerra Civil.
A estranha mulher de vermelho desaparece com o demônio, sem revelar o que seria na vida do herói, levando consigo o magnata infeliz e o CDF gorducho, duas possibilidades de existência para Peter se ele não fosse o Homem-Aranha. Pacto feito, nova realidade adquirida: Peter acorda na casa de sua tia May e vai a uma festa-surpresa organizada por um amigo que era dado como morto, tanto para o herói aracnídeo como para todos os amigos em comum: Harry Osborn! E Mary Jane, muito triste ao ver Parker, vai embora da festa sem falar com ninguém.
Um Novo Dia
Peter Parker, agora desempregado, consegue de volta o emprego no Clarim Diário que, no entanto foi vendido para Dexter Bennett e, com isso, começa a trabalhar como paparazzi, algo que nem sua tia e Harry aprovaram. Bennet decide mandar Peter para tirar fotos da companheira de Bob Carr, porem, não esperava a intervenção da vilã garota de papel, uma fã de Bob Carr que matava as companheiras dele por ciúmes, depois de ter derrotado a garota de papel, sua câmera automática conseguiu tirar as fotos que queria, cumprido o serviço, Peter decide desistir do ramo de paparazzi após ver que havia perdido o respeito de seus amigos principalmente Harry, Peter destrói as fotos que mostrava o rosto da companheira de Bob Carr, sem saber que era Mary Jane, e então Bennett o demite. Após esses fatos Peter tenta arranjar emprego, mas Bennett fez com que praticamente todos os jornais da cidade não o empregassem. Harry então sugere a Peter que ele procure no Linha de Frente, jornal comandado por Ben Urich que é rival do CD, nome que o Clarim Diário passou a ter após ter sido vendido para Bennett. Com isso, Peter se torna o novo fotógrafo do Linha de Frente.
Mas as coisas não melhoram muito, principalmente porque Norman Osborn agora se tornou diretor da H.A.M.M.E.R., organização que substituiu a S.H.I.E.L.D.. Norman faz a sua versão dos Vingadores, conhecidos como os Vingadores Sombrios. Ele dá a Mac Gargan uma medicação que fez com que o simbionte alienígena voltasse ao seu tamanho original, ao tamanho que estava quando Peter era o hospedeiro do simbionte, então Mac se torna o Homem-Aranha Sombrio. Já que os Vingadores de Norman tinham o seu Homem-Aranha, Peter revelou sua identidade para os membros dos Novos Vingadores, pois, assim, eles teriam mais confiança nele.
Homem-Aranha e o Quarteto Fantástico viajam para o Macroverso; porém, com a mudança que Mephsito fez, eles não sabiam quem estava por trás da máscara. Peter revela a sua identidade para eles ao final da aventura. E novamente com as coisas piorando para o seu lado: Peter retorna do Macroverso e descobre que aqui na Terra se passaram dois meses e que, entre outras coisas, John Jonah Jameson se tornou o novo prefeito de Nova York. Depois de um confronto com o novo Abutre, e muitos dos cidadãos de New York odiando-o de novo, Peter percebe que sua raiva está direcionada a Norman e não a Jameson, e inicia um plano.
Com a ajuda de Sue Storm e da tecnologia de seu marido, Peter consegue capturar o Homem-Aranha Sombrio, e se passa por ele para se infiltrar na Torre dos Vingadores Sombrios, onde Peter descobre um plano em que Norman Osborn, para conquistar legitimidade para os seus Vingadores, quer transformar Harry, seu filho, num novo herói: o Filho da Pátria. Peter é flagrado e derrotado por Daken, o filho de Wolverine. Harry revela o disfarce do Homem-Aranha perante os membros dos Vingadores Sombrios, ele é mantido prisioneiro e é torturado pelo Gavião Arqueiro Sombrio. Ele consegue escapar, mas muito debilitado, é pego de novo. Por fim, o herói é salvo da morte certa nas mãos de Norman, trajado como Patriota de Ferro, por Harry, na armadura do Filho da Pátria. Como passou, a saber, da relação de seu pai com Lily Hollister, a namorada de Harry, o filho derrota com violência o próprio pai. Peter vê a luta entre os Osborn sem poder apartá-los, até que Ameaça intervém. O Aranha, então, convence Harry a não matar Norman, pois era exatamente o que Norman queria que Harry o matasse.




A tia May se casa com John Jonah Jameson Sr., o pai de J.J.Jameson, e Peter encontra rostos conhecidos na festa de casamento. Ele enfrenta um Doutor Octopus mais mortal do que nunca e o derrota com a ajuda de Johnny Storm. Tornando-se o assistente do prefeito, Peter enfrenta o Camaleão, que dessa vez estava se passando por Peter e, devido a isso, a convivência com sua colega de quarto, Michelle González, tornou-se mais difícil e o vilão, ao passar-se por Parker, seduziu e dormiu com a moça... Peter revela que é o Homem-Aranha, e que um bandido transmorfo havia se passado por ele, mas Michelle acha que essa foi a desculpa mais absurda que um homem poderia dar para não querer compromisso com uma mulher que havia levado para a cama! A partir daí, as coisas, que já não eram boas entre eles, só pioraram... Mary Jane Watson decide reviver a amizade entre ela e Peter, enquanto que o herói recomeça um namoro com a Gata Negra, não assumido por ambos porque Felícia Hardy não se lembra, nem quer se lembrar, de quem é o herói sem a máscara  pois ela acreditava que isso pode afastá-los de novo; por sua vez, Parker encara a situação como uma "amizade colorida", que os dois põem em prática enquanto se aventuram juntos contra inimigos em comum... mesmo sabendo que o Aranha não quer um compromisso mais sério, ele não superou o fim do relacionamento com MJ, a Gata, ciumenta, mas sem perder a ternura, exige que, enquanto ambos estiverem juntos, ele pense só nela! Mas o destino colocará Mary Jane e Peter Parker frente a frente, numa conversa que esclarecerá tudo entre ambos nesta nova realidade, de uma vez por todas. Afinal, o que ficou na lembrança de ambos é que o Homem-Aranha foi encontrado inconsciente num beco e, por isso, Mary Jane ficou no altar esperando por seu noivo, que, naquele dia, não se casou com ela!
Universo Ultimate
Em Ultimate Spider-Man, Peter ainda é um adolescente que cursa o colegial. Mas seus problemas não são menores. Ele foi picado por uma aranha modificada por uma droga criada por Norman Osborn e produzida pela Oscorp. A droga Oz, responsável pelo surgimento de seus futuros inimigos, Duende Verde e Duende Macabro. Após a morte de seu tio Ben, Peter se transforma no Homem-Aranha. A série apresenta uma versão diferente para as origens do herói e de grande parte dos seus vilões. Peter conta a sua namorada, Mary Jane, de sua identidade secreta além de trabalhar no Clarim Diário como web-designer e não como fotógrafo. Gwen é uma garota revoltada que, ao final da saga, namora brevemente o "Cabeça de Teia", e ao contrário do Homem-Aranha do universo 616, Peter já namorou, além das citadas acima, a mutante Lince Negra, dos X-Men.
Homem-Aranha 2099
O Homem-Aranha 2099 escapou da devastação de sua realidade natal e agora faz parte dos Exilados!


Dinastia M
Na Dinastia M, além de sua identidade não ser secreta, Peter Parker é um dos heróis mais famosos que existem, tendo J.Jonah Jameson como seu funcionário - um assessor puxa-saco, constantemente humilhado em público. Casado com a linda Gwen Stacy, com quem tem um filho. Ele e sua família, composta pelo seus tios, Ben e May Parker, vivem felizes. O que Parker não desconfiava era que seus inimigos, Norman Osborn e J.Jonah Jameson, estavam tramando para desmascará-lo, Peter fingia ser mutante para ser aceito pela sociedade, que, sendo mutante e a maioria da população, tratava os humanos como cidadãos de segunda classe. Isso levantou a ira da população, que queria a morte do Homem-Aranha. Tempos depois, tudo foi esclarecido. Quando Peter retomou a consciência, quis matar a Wanda e toda a sua família, pois por causa dela tinha que perder, de novo, três pessoas que ele amava e um filho que ele nunca teve.
1602
Na graphic novel 1602, a contraparte do Homem-Aranha se chama Peter Parquagh, e ele é o pajem de Sir Nicholas Fury, a contraparte de Nick Fury nessa realidade.
MC2
Em MC2, Peter treinou a filha (May "Mayday" Watson-Paker) para ser a Garota-Aranha (Spider-Girl), já que por causa de um acidente não podia mais combater o crime.

TELEVISÃO e CINEMA

Os desenhos animados
§     A primeira aparição de Homem Aranha para uma mídia mais popular foi em sua série animadaSpider-man produzida entre 1967 e 1970. É a série animada em que tem a famosa música "Spider-Man, Spider-Man, does whatever a spider can...", que foi tocada nos créditos finais do filme de 2002.

§     Em 1981, mais duas séries animadas, produzidas pelos estúdios da Marvel: Spider-Man, com 26 episódios, e o mais popular Spider-Man and His Amazing Friends, com24 episódios, no qual o herói contracenava com Homem de Gelo e Estrela de fogo. Fato curioso: o estúdio da Marvel também realizou a produção de Caverna do Dragão em 1984, e várias músicas de Spider-Man and His Amazing Friends foram reutilizadas em Caverna.

§     Spider-Man The Animated Series (1994-1998): outra série animada que reacendeu a mídia de Homem-Aranha. Nessa série o Aranha é representando no auge da sua carreira, já um jovem adulto formado na faculdade, diferente do que ocorre nas séries animadas mais recentes, que o retratam ainda no inicio de sua carreira como herói. Total de 65 episódios.


Uma das aberturas de Homem Aranha:

§     Spider-Man Unlimited (1999): série animada de 13 episódios, na qual o Aranha vai parar na Contra-Terra. Essa série é parcialmente inspirada em Homem-Aranha 2099.

§     Spider-Man: The New Animated Series (2003): série animada gerada por computador, de 13 episódios. A continuidade é baseada no filme de Homem-Aranha de 2002.

§     The Spectacular Spider-Man (2008): este novo desenho apresenta o Aranha como adolescente, e tem um aspecto mais cartoon em relação às séries anteriores. Está em exibição no Brasil pela Cartoon Network e foi cancelada na segunda temporada.

§     Ultimate Spider-Man (2012): Esta série assim como sua antecessora apresenta um Homem-Aranha jovem, só um pouco mais maduro, num estilo quase cartoon e com histórias engraçadas. Nesta nova animação, Peter é chamado pela S.H.I.E.L.D. para se tornar espetacular (ultimate na versão original) A Pré-Estreia VIP no Brasil ocorreu no dia 6 de julho de 2012 na Disney XD, o mesmo dia do lançamento do filme O Espetacular Homem-Aranha nos cinemas. Sua estreia ocorreu no dia 14 de julho, na estreia do bloco Marvel Universe.

Séries de televisão
§     Em 1977, Nicholas Hammond estrelava como Peter Parker na série live-action O Homem Aranha.


§     Em 1978, a empresa japonesa Toei criou uma serie Tokusatsu chamado Spiderman. Apesar de uniforme idêntico, Spiderman tinha uma história e modus operandi totalmente diferente de sua contraparte original, a começar que sua identidade era Takuya Yamashiro. Homem-Aranha utilizava robô gigante, chamado Mecha e combatia monstros.

Filmes
§     Por incrível que pareça, a primeiro filme do Homem-Aranha não foi produção americana. Filmado na Turquia em 1973 e chamado 3 Dev Adam apresenta Capitão América, o herói mexicano El Santo e Homem-Aranha. O Aranha, curiosamente, é apresentado como vilão neste filme de baixo orçamento e sem licença da Marvel.

Primeira Trilogia (2002–2007)
O Homem-Aranha foi adaptado pelas telas em três filmes dirigidos por Sam Raimi e protagonizados por Tobey Maguire:
Homem-Aranha (2002): no qual Peter Parker ganha poderes após ser picado por uma aranha geneticamente modificada, e enfrenta o vilão Duende Verde, interpretado por Willem Dafoe.
Link para download: 
http://www.baixarfilmesdublados.net/baixar-filme-homem-aranha-1-dublado/


Trailler do filme: 

Homem-Aranha 2 (2004): no qual a vida de Peter vira um caos, e o cientista Otto Octavius , interpretado por Alfred Molina, acaba por se tornar o vilão Doutor Octopus, após um experimento fracassado.
Link para download: 
http://www.baixarfilmesdublados.net/baixar-filme-homem-aranha-2-dublado/


Trailler do filme: 

Homem-Aranha 3 (2007): no qual Peter tem sua vida alterada após um extraterrestre se unir a seu uniforme, e enfrenta o criminoso Homem-Areia/Flint Marko, incorporado pelo ator Thomas Haden Church, assassino de seu tio Ben, bem como seu amigo Harry Osborn, o novo Duende Verde, James Franco, quer vingar a morte de seu pai, e Eddie Brock/VenomTopher Grace, um repórter rival que se une ao extraterrestre.
Link para Download: 
http://www.baixarfilmesdublados.net/baixar-filme-homem-aranha-3-dublado/



Trailler do filme: 

Nova trilogia (2012–[...])
Em 2010 a Columbia Pictures e a Marvel Studios anunciaram que Tobey Maguire e Sam Raimi estavam fora da continuação "Homem-Aranha 4" e em 2012 a página oficial do facebook do filme O Espetacular Homem-Aranha divulgou que essa não seria uma continuação, mas sim uma nova trilogia.
O Espetacular Homem-Aranha (2012): é um reboot de Homem-Aranha 1, em uma versão mais fiel aos quadrinhos, dirigido por Marc Webb, tendo Andrew Garfield no papel de Peter Parker. Neste filme Peter ganha seus poderes ao ser picado por uma aranha geneticamente modificada assim como na versão de Sam Raimi e está tentando descobrir a verdade sobre o desaparecimento de seus pais com um antigo amigo deles o Dr. Curt Connors, o que levará a um conflito com seu alter ego o Lagarto.


Trailler 1 de "O Espetacular Homem-Aranha":


Trailler 2 de "O Espetacular Homem-Aranha":


Trailler 3 de "O Espetacular Homem-Aranha":


Link para Download: http://uploaded.net/file/3vza8v2t

A Teia do Homem-Aranha: previsto para 2014, é a continuação do filme O Espetacular Homem-Aranha, provalvemente será dirigido por Marc Webb, com Andrew Garfield reprisando seu papel como Peter Parker, ainda não se sabe o roteiro abordado.

Homem-Aranha fez e faz tanto sucesso que já ganhou até os palcos do teatro em várias peças como Spider-Man Live! - A Stunt Spectacular, ambientada nos anos de 1960, que estreou nos Estados Unidos em 2002 e no Brasil em 2009, e em 2011 estreou na Broadway o musical Spider-Man: Turn Off The Dark. Sem dúvida é o herói mais popular do planeta e neste seu mês de aniversário, afinal sua primeira revista foi lançada em 15 de agosto de 1960 e está avaliada em cerca de US$ 1,1 milhão. Neste mês foi lançado pela Panini, a morte do herói na Universo Marvel, mas o Aranha continuará sempre vivo, afinal gerações forma marcadas por ele e continuarão sendo através de suas revistas, filmes e desenhos.



Um comentário:

  1. ye buddy nunca vi tanta gente ser o mesmo superheroi como esse ai, viu...

    ResponderExcluir